Consumo e prodição sustentáveis

No ritmo atual do crescimento, em 2050 serão necessários pelo menos três planetas para fornecer os recursos necessários a 9.6 bilhões de habitantes. O desafio? Fazer mais e melhor com menos..., melhorando a gestão dos recursos e modificando profundamente os nossos modos de produção e de consumo.
Esses objetivos estão presentes em muitos projetos que financiamos. A nossa principal estratégia consiste em incentivar a responsabilidade socioambiental das empresas.

  • logo linkedin
  • logo google plus
  • logo email
Reforestation, République Dominicaine © Franck Galbrun pour l'AFD
PROMOVER O USO RESPONSÁVEL DOS RECURSOS NATURAIS
Reforestation, République Dominicaine © Franck Galbrun pour l'AFD

Promover a responsabilidade socioambiental das empresas

Entretien dans les parcelles de rizipisciculture, Madagascar ©  Cyril le Tourneur d'Ison pour l'AFD

PROMOVER A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DAS EMPRESAS

O grupo AFD acompanha atores econômicos e financeiros empenhados em uma abordagem empresarial responsável, ética e transparente. Em especial, financiamos projetos que contribuem para a melhoria das condições de trabalho dos funcionários, a redução da sua pegada de carbono, a obtenção de certificados ambientais ou a melhoria da governança das empresas.

Incentivar a cooperação entre todos os atores da cadeia de produção

Entretien dans les parcelles de rizipisciculture, Madagascar ©  Cyril le Tourneur d'Ison pour l'AFD

INCENTIVAR A COOPERAÇÃO ENTRE TODOS OS ATORES DA CADEIA DE PRODUÇÃO

É indispensável estabelecer uma abordagem de cooperação entre os diversos atores da cadeia de abastecimento, desde o produtor até o consumidor final. A AFD acompanha, entre outros projetos:

  • a emergência de cadeias agrícolas sustentáveis, com o apoio à criação de indicações geográficas protegidas (denominações de origem) nos países em desenvolvimento: café Ziama-Macente na Guiné, pimenta de Penja em Camarões, azeite de Teboursouk na Tunísia.
  • a gestão e o processamento dos resíduos. Certos projetos visam reduzir os impactos do setor por meio da recuperação e valorização dos biogases de aterro, como em Adis Abeba e Samarcande, ou por meio da valorização dos resíduos em combustíveis alternativos, como no aterro sanitário de Lomé. Foi lançado um programa de pesquisa sobre as novas práticas de valorização e as questões de gestão da cadeia dos resíduos sólidos. 
1/3
dos alimentos produzidos não são consumidos
Interactive map
This map is for illustrative purposes only and does not engage the responsibility of the AFD Group
GEOGRAFIA
TIPO DE FINANCIAMENTO
Antennas
Filters

GEOGRAFIA

Tout cocher
Tout décocher

TIPO DE FINANCIAMENTO

Tout cocher
Tout décocher

Antennas

Display local antennas

Filters

Iniciar a pesquisa
See map of all projects

Ronga, pionnier de l’agro-écologie au Burkina Faso

Le Burkina Faso est un pays agricole confronté aux rudes conséquences des changements climatiques : épuisement des sols, régression accélérée de la végétation. De nombreuses familles qui vivent surtout des produits de la terre sont ainsi menacées de famine. Grâce à l’agro-écologie, elles s’adaptent et améliorent leur sort.
Know more