IDFC: Já 10 anos para a coalizão internacional de bancos de desenvolvimento e finanças mais verdes

published on 08 November 2021
  • logo linkedin
  • logo email
IDFC
Foi no quadro da COP 26 em Glasgow que o IDFC, grupo internacional que conta agora 27 bancos de desenvolvimento nacionais e regionais de primeiro plano, reuniu-se por ocasião de seu décimo aniversário. O diretor-geral da Agence Française de Développement Rémy Rioux foi reconduzido para um terceiro mandato na presidência do International Development Finance Club.

Dez anos de ação concreta para orientar a finança internacional para investimentos virtuosos para o clima, isso se vê nos números: em seu relatório Green and Climate Finance Mapping 2020, o IDFC anuncia mais de 1 trilhão de dólares empenhados em finanças verdes desde 2015 - ultrapassando largamente o compromisso inicial de atingir este limiar em 2025 - incluindo 185 bilhões de dólares em 2020.

Os projetos de adaptação climática representaram 27,4 bilhões de dólares, 42 % a mais que em 2019 e cinco vezes mais que em 2016.

Além disso, o financiamento da biodiversidade é medido pela primeira vez com um total de 14 bilhões de dólares comprometidos com a biodiversidade em 2020.

Os 27 bancos de desenvolvimento membros do IDFC, incluindo a recém-criada Africa Finance Corporation, estão agora unindo forças para mobilizar potencialmente até 1,3 trilhão de dólares até 2025, com um aumento significativo da parte destinada à adaptação e à biodiversidade.

Por último, o International Development Finance Club compromete-se, em sua declaração State of Ambition, a pôr termo ao financiamento público internacional de novos projetos energéticos alimentados a carvão, em aplicação da decisão tomada pelo G20 em Roma.


Ler também: o relatório de atividades dos 10 anos do IDFC (em inglês)


Ler igualmente