Resultados 2020 do grupo AFD: Uma resposta rápida à crise, mantendo ao mesmo tempo o caminho a longo prazo

published on 13 April 2021
  • logo linkedin
  • logo email
Résultats 2020 du groupe AFD : une réponse rapide à la crise tout en gardant le cap du long terme
Na terça-feira, 13 de abril, o Diretor-Geral do Grupo AFD, Rémy Rioux, apresentou os resultados do Grupo para 2020, dia em que a OCDE publica seus números oficiais de ajuda pública ao desenvolvimento, num momento em que a lei de programação relativa ao desenvolvimento solidário e ao combate contra as desigualdades mundiais é debatida no Parlamento.

Em 2020, os compromissos do Grupo AFD totalizaram mais de 12 bilhões de euros, apesar do contexto da crise da Covid-19. Tendo atingido este alto patamar de atividade, o Grupo concentrou-se em acelerar seus procedimentos para responder eficazmente às necessidades sanitárias e sociais de seus clientes, elevando seus desembolsos para uma soma recorde de quase 9 bilhões de euros, i.e., +35% em relação a 2019. 

A AFD demonstra assim sua capacidade de desempenhar um papel contracíclico e contribui para a ambição financeira da França de aumentar a ajuda pública ao desenvolvimento (APD) para 0,55% de nossa renda nacional bruta (RNB). 

Esta resposta de curto prazo, indispensável, não deve nos fazer perder de vista o longo prazo e a necessária transformação de nossas economias e sociedades. Para acompanhá-la, o Grupo AFD organizou em 2020 a Cúpula Finança em Comum (FiCS), que reuniu todos os bancos públicos de desenvolvimento do mundo, notadamente na perspectiva da COP 26 em novembro de 2021, e reforçou suas capacidades de pesquisa e inovação ao sediar o Fundo de Inovação para o Desenvolvimento (FID) presidido por Esther Duflo. 

A AFD empenhou-se igualmente em melhorar a avaliação de seus projetos em campo, conforme solicitado pela Representação Nacional e seus ministros de tutela, Jean-Yves Le Drian, Bruno Le Maire e Sébastien Lecornu. 

NÚMEROS-CHAVE DO GRUPO AFD EM 2020
  • 12,1 bilhões de euros de novos compromissos.
  • 8,8 bilhões de euros de desembolso (+35% em relação a 2019).
  • 996 novos projetos de desenvolvimento em todos os setores combinados.
  • 3 bilhões de euros para a resposta à Covid-19, incluindo 1,2 bilhão para a iniciativa “Saúde em Comum” na África e no Oriente Médio, com os atores franceses.
  • 5,4 bilhões de euros para o clima, para ajudar a cumprir o compromisso de 5 bilhões de euros de financiamento climático assumido na COP 21 em 2015.
  • 4,9 bilhões de euros para a África, i.e., 46% do total dos compromissos da AFD, incluindo 511 milhões para os países do G5 Sahel.
  • 565 milhões de euros de financiamentos em prol da biodiversidade.
  • Nossa filial Proparco, com 2 bilhões de euros de compromissos em 2020, tornou-se uma das principais instituições financeiras do setor privado europeu.
  • A Cúpula Finança em Comum reuniu em novembro passado, a convite da AFD e do IDFC, os 450 bancos públicos de desenvolvimento do mundo, aos quais a AFD contribuiu com 1,7 bilhão de euros de financiamentos em 2020. 
  • Em 2020, o Grupo AFD obteve um lucro líquido positivo de 40 milhões de euros, atestando a robustez de seu modelo econômico.

Ler igualmente