Brasil

País de dimensões continentais, o Brasil é a 8ª maior economia do mundo. Mas acaba de passar por uma recessão que acentuou as desigualdades. O seu desafio é retomar um crescimento que concilie progresso social, proteção do meio ambiente e luta contra as mudanças climáticas. A AFD está ajudando a impulsionar sua transição para um crescimento mais verde e inclusivo.
  • logo linkedin
  • logo google plus
  • logo email
Escadas, obrero, Brasil
A AFD E O BRASIL: APOIAR A TRANSIÇÃO ECOLÓGICA E SOCIAL
Escadas, obrero, Brasil

Desenvolver uma mobilidade urbana de baixa carbono

Linha de ônibus BRT em Curitiba, Brasil

Desenvolver uma mobilidade urbana de baixa carbono

As cidades do Brasil, um dos países mais urbanizados do mundo, estão enfrentando congestionamento nos transportes e uma poluição cada vez maior. O número de habitantes não para de aumentar e, com ele, a demanda por mobilidade. Eis o desafio para o Brasil: desenvolver uma oferta de transporte público que seja confiável, acessível para todos e pouco poluente, com uma abordagem integrada de planejamento urbano. 

A AFD acompanha os munícipios brasileiros nessas iniciativas, comprometendo-se com uma mobilidade "ativa". No horizonte: uma maior oferta de transportes, tempos de deslocamento menores e uma menor quantidade de carros particulares – logo, menos trânsito e menos poluição –, além de periferias mais bem conectadas.

Sendo assim, tecemos parcerias para acompanhar várias metrópoles:

  • Curitiba, para aumentar as capacidades da rede de transporte público e criar um corredor ecológico às margens do rio que atravessa a cidade;
  • Rio de Janeiro, para facilitar o deslocamento, através da modernização dos trens metropolitanos, da ampliação da rede do metrô e do desenvolvimento de um "bilhete único";
  • São Paulo, para a criação deuma linha de trem entre o centro da cidade e o aeroporto internacional de Guarulhos.

Acompanhamos também as políticas de mobilidade urbana dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, graças a um Fundo de Expertise Técnica e de Troca de Experiências (FEXTE).

Apoiar as energias renováveis

Usina de produção de etanol, que utiliza restos da cana-de-açúcar para produzir biocombustível, um recurso de energia renovável e sustentável. Brasil

Apoiar as energias renováveis

8º maior consumidor mundial de energia, o Brasil dispõe de recursos naturais relevantes. Assim, 40% de seu mix energético é de origem renovável. A energia hidroelétrica domina o setor, mas as secas recorrentes comprometem a produção: o país precisa encontrar novas fontes de energia. Para isso, ele pode apostar em seu imenso potencial eólico, solar e de biomassa. 

A AFD vem acompanhando as políticas públicas brasileiras de desenvolvimento de energias verdes e de promoção da eficiência energética.
Sendo assim, apoiamos investimentos das companhias de energia em suas redes de transporte e distribuição de energia, bem como em tecnologia inovadora: é o caso das "smart grids", ou redes inteligentes

Valorizar e gerenciar melhor os recursos naturais

O aterro sanitário de Toledo no Brasil

Valorizar e gerenciar melhor os recursos naturais

Recursos hídricos ameaçados

O Brasil detém aproximadamente 12% da água doce do planeta. São recursos abundantes, mas também desigualmente distribuídos e cada vez mais explorados, devido à extensão do setor agrícola, ao aumento do consumo pelos indivíduos e pelas indústrias e ao incremento da produção hidroelétrica para responder à crescente demanda.  

A AFD apoia os atores desse setor, com vistas a reduzir perdas nas redes de distribuição de água, melhorar a eficiência energética das estações de tratamento, tratar e reutilizar as águas residuais e preservar as bacias e lençóis freáticos.    

E resíduos sólidos muito volumosos

Muitas cidades brasileiras não possuem aterros sanitários em conformidade com as normas, embora a quantidade de resíduos urbanos se encontre em constante aumento. Por meio da sua Política Nacional de Resíduos Sólidos, o Brasil estabeleceuobjetivos-chave em matéria de responsabilidade compartilhada e promoção de tecnologias limpas. Mas há ainda outros desafios: acabar com os lixões e desenvolver a coleta seletiva, bem como a inserção dos catadores.

Sendo assim, a AFD apoia municípios brasileiros e atores do setor privado na implementação do programa nacional. Para isso, privilegiamos as trocas de expertise entre atores brasileiros e franceses, em especial no que diz respeito a questões como reciclagem, compostagem e produção de energia.

Atuamos, por exemplo, na cidade de Toledo, no Estado do Paraná, onde financiamos o programa municipal de meio ambiente. 
 

Dialogar sobre as políticas públicas

Parque Barigui, localizado no coração da cidade de Curitiba. Brasil

Dialogar sobre as políticas públicas

A AFD mantém relações estreitas com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), tanto dentro do grupo de bancos de desenvolvimento IDFC (International Development Finance Club) quanto no âmbito local. Essa relação é uma plataforma de diálogo sobre temas ligados às finanças verdes e às finanças do clima.

Paralelamente, a nossa parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), um think tank brasileiro vinculado ao Ministério do Planejamento, membro do Centro de Desenvolvimento da OCDE, vem promovendo a produção e a difusão de conhecimentos sobre temas de interesse comum. Os principais eixos de trabalho são: modelos alternativos de trajetória de crescimento orientado para a transição energética (projeto GEMMES), desafios do desenvolvimento urbano e o papel do Brasil como financiador emergente. 

Financiar infraestruturas

Construção da linha de ônibus BRT (Bus Rapid Transit) "BR116", na avenida Aguanambi (bairro de Fátima), Brasil

Financiar infraestruturas

Atualmente, o Brasil é a 8ª maior economia mundial. No entanto, acaba de sair deum período de recessão, o qual teve início em 2015. Para retomar a atividade econômica, as autoridades federais adotaram um programa maciço de concessões, com vistas não apenas à modernização de estradas, transporte ferroviário, aeroportos e portos, como também para compensar o atraso dos serviços básicos. Dessa forma, o mercado financeiro brasileiro e o setor bancário privado internacional foram chamados a desempenhar um papel crescente no financiamento dessas infraestruturas. E as parcerias entre atores públicos e privados estão sendo encorajadas.

A AFD respondeu "presente", apoiando projetos inovadores conduzidos por municípios, concessionários de serviços públicos ou atores privados. Como? Por intermédio de linhas de crédito verdes, em parceria com bancos públicos (ou privados, através da Proparco) a fim de encorajar as finanças do clima, e apoiando o desenvolvimento de parcerias público-privado. Os projetos apoiados dizem respeito a energias renováveis, eficiência energética, iluminação pública, despoluição e gestão de resíduos sólidos, saneamento e mobilidade urbana. 

38
projetos financiados em 10 anos
70%
dos projetos a favor do combate às mudanças climáticas
1,8
bilhão de euros empenhados desde 2007

País com dimensões continentais, o Brasil tem atualmente 207 milhões de habitantes e é o 5º país mais populoso do mundo. Tem extensão de 8,5 milhões de km², o que faz dele também o 5º mais vasto do planeta. Banhado a leste pelo Oceano Atlântico, concentra dois terços da Floresta Amazônica e uma biodiversidade excepcional: 14 % de todas as espécies conhecidas foram identificadas no país. Sua fronteira com a França (Guiana Francesa) se estende por mais de 700km.

O Brasil atravessou anos de boom econômico, tornando-se a 8ª maior economia do mundo. Um crescimento amparado no seu amplo mercado doméstico (sua classe média contabiliza 100 milhões de pessoas) e em uma economia diversificada: é o 3º maior exportador mundial de produtos agrícolas, um dos primeiros exportadores de minérios e ele possui uma indústria sólida e de serviços modernos. O país faz parte das grandes potências emergentes, reunidas no grupo dos BRICS.

Contudo, o gigante econômico atravessou entre 2015 e 2017 um período de recessão, do qual começa a sair. E a prosperidade não beneficia a todos: o Brasil ainda é marcado por desigualdades sociais, insegurança e um déficit crônico de infraestruturas, o qual precisa superar. Além disso, a exploração de seus recursos minerais e o desenvolvimento do agronegócio continuam a pressionar fortemente seus recursos naturais. 

O Brasil precisa portanto retomar um crescimento que associe preservação do meio ambiente e progresso social. O país tem também um papel crucial na luta contra as mudanças climáticas. Proativo em negociações climáticas internacionais, o Brasil comprometeu-se a combater o desmatamento na Amazônia, que é sua principal fonte de emissões de CO2. Mas também a promover energias renováveis, melhorar a qualidade dos transportes e preservar seus recursos hídricos.

Ativa na América Latina desde 2007, a AFD comprometeu-se junto ao Brasil a promover um modelo de desenvolvimento sustentável e solidário, sendo o clima uma forte marca de sua intervenção na região. A agência privilegia uma abordagem de parceria, reunindo atores brasileiros e franceses. 

As formas de intervenção da AFD no Brasil são diversas: ela atua mediante empréstimos ao setor público (e privado, por via da Proparco), através da mobilização de fundos de subvenção para financiar apoio técnico e de expertise, bem como por meio de apoio-consultoria e de diálogos sobre políticas públicas.

Interactive map
This map is for illustrative purposes only and does not engage the responsibility of the AFD Group
Thematics
Funding type
Antennas
Filters

Thematics

  • Cidades sustentáveis
  • Clima
  • Forêts et biodiversité
  • Infrastructures
  • Partenariats mondiaux
  • Saúde
  • Água e saneamento
  • Énergie

Funding type

  • Prêt concessionnel non souverain
  • Prêt concessionnel souverain
  • Prêt non concessionnel non souverain
  • Prêt non concessionnel souverain
  • Subvention

Antennas

Display local antennas

Filters

Launch search
See map of all projects

Brasil: os desafios de Curitiba

Diante da pressão demográfica e do número cada vez maior de automóveis, Curitiba vem redobrando esforços para manter a sua imagem de líder brasileiro em matéria de sustentabilidade e combate às mudanças climáticas.
Know more